top of page
Buscar
  • Lhivros e Arthivismo

Filme - 120 BATIMENTOS POR MINUTO - 120 BATTEMENTS PAR MINUTE - Robin Campillo

Lançado em 2017, o filme "120 Batimentos Por Minuto", cujo nome original é "120 Battements Par Minute" foi dirigido por Robin Campillo e ganhou o grande prêmio do Festival de Cannes daquele ano.



Conta a história de Sean Dalmazo, um militante de 26 anos que atua há ACT UP Paris, organização que desde sua fundação em 1989 e ao longo de muitos anos, várias vezes como grupo de choque com medidas de ação direta, lutou pelos direitos das pessoas que viviam com hiv.


A narrativa é repleta de matizes, com nota energia, mas ao mesmo tempo com vulnerabilidade, audácia e retrata a perda progressiva da capacidade física do personagem principal.


O diretor, que tem um histórico importante de obras, como Les Revenants e Eastern Boys, por exemplo, e efetivamente atuou como militante da ACT UP Paris e de fato viveu várias das extremas situações apresentadas no filme, que aliás foi coescrito por Philippe Mangeot, presidente da organização entre os anos de 1997 e 1999, que lutou para que o governo de François Miterrand e os laboratórios farmacêuticos facilitassem o acesso a novos remédios, algo muito restrito naquele período.


Depois de lutar por muitos anos para concretizar este filme, com longos debates em assembleias, cenas de sexo, manifestações públicas e baladas com muita música house, o diretor foi capaz de saudar esta "dívida" pendente com uma narração urgente e visceral que consegue transmitir o espírito de uma época e um retrato generacional, graças a uma potência, uma forte convicção, credibilidade e uma transparência próprias do melhor que o cinema francês tem a oferecer.


Ele pode ser assistido pelo Globoplay.


Assista ao trailer:




10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page