top of page
Buscar
  • Lhivros e Arthivismo

Filme - A HISTORIA DE SUZI - SUZIS STORY - Iain Gillespie e Terry Carlyon

Pouco depois de dar à luz a seu filho, Suzi Lovegrove descobriu que ela e seu bebê viviam com hiv e estavam em fase de aids.

Como Suzi e seu marido Vince lidaram com as duras realidades do dia-a-dia dos meses finais de sua vida é o tema de “Suzi’s Story”, um documentário comovente que estreiou na HBO em março de 1988.



Nova-iorquina, Suzi estava trabalhando na carreira de dançarina quando conheceu o marido australiano, empresário do rock, nos Estados Unidos. Suzi, 29 anos, foi infectada pelo hiv a partir de um caso que teve cinco anos antes.


O filme se passa alguns anos depois, e foi gravado com depoimentos seus e de seus familiares, gravados a cerca de 10 semanas antes de ela vir a falecer.


Acamada na maior parte do tempo, ela estava magra e tremendo incontrolavelmente devido aos efeitos de um vírus que atacou seu cérebro.


Seu humor varia de uma aceitação mal-humorada de seu destino a uma melancolia desanimada, mas sua mente ainda está afiada. Ela é cheia de atrevimento, coragem e inteligência ao explicar que decidiu permitir que as pessoas a vissem em uma condição bastante difícil, a fim de educar outras pessoas e ajudá-las a entender a situação dos que viviam com hiv, especialmente por não fazer parte de um dos chamados "grupos de risco".


Feito para a Network Ten da Austrália pelo produtor executivo Iain Gillespie, “Suzi’s Story” às vezes parece mais um drama do que um documentário tradicional. Ele não vai ensinar a você nada sobre hiv/aids que você já não saiba, mas seu papel não foi ou é este. Ele serve para gravar o testemunho da existência de uma mulher bastante corajosa, que fez de seu convívio com sua própria condição de saúde uma ferramenta para combater o preconceito social que havia, e ainda há, em relação às pessoas que vivem com hiv.


Os diretores Gillespie e Terry Carlyon recorrem desnecessariamente a uma sequência em câmera lenta da família Lovegrove se beijando e se abraçando. E às vezes as perguntas feitas a Suzi são idiotas ou inapropriadas, como quando ela é questionada sobre qual conselho daria ao filho Troy sobre sexo casual.


Quaisquer imperfeições, no entanto, são mais do que compensadas por uma inspiradora história da vida real de uma mulher como poderia ser qualquer outra, assim como dos amigos e familiares que cuidaram dela.


Assista ao filme abaixo:




32 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page