top of page
Buscar
  • Lhivros e Arthivismo

Filme - A PAIXAO DE JL - Carlos Nader


José Leonilson foi um fantástico artista brasileiro que nasceu em 1957 na cidade de Fortaleza, capital do Ceará, e faleceu em 1993 na cidade de São Paulo por complicações advindas da aids.



No áudio, ele já falava do medo da aids, e no filme este trecho é passado enquanto ao fundo é mostrada a obra "Mulheres ciganos comunistas homossexuais negros aidéticos judeus aleijados" de 1990. Ele diz que "o próximo pode ser você".



O artista era um apaixonado pela vida e um inconformado com a situação social e política do país e do mundo.


Também era profundamente impactado pelos símbolos do catolicismo, e isso influenciava todas as esferas de sua vida, inclusive sua homossexualidade, e isso está fortemente presente no filme. A culpa, por exemplo, estava sempre lá. Parece que ele sempre se flagelava internamente por tudo o que seu inconsciente considerava inapropriado.


O mais belo do filme é costurar as falas de Leonilson com suas obras. O efeito é de provocar uma maior compreensão sobre o trabalho dele.


A hora em que ele narra que fez o teste para sorologia para o hiv (naquela época o resultado poderia levar dois meses para chegar), e que ele acordou ansioso às duas da manhã, com medo, e o início da fala dele começa logo após a cena focar na palavra "perigoso" da obra "Se Você Sonha com Nuvens", é de arrepiar.


Conta também quando o resultado foi positivo, enquanto a câmera foca no detalhe da obra "O Perigoso". Até neste momento ele sente culpa sobre como isso refletirá em sua família.


As cicatrizes na alma de Leonilson por causa do hiv estão muito claras na obra "34 com Scars", que inclusive é retratada na capa da antologia de poemas relacionados com o hiv/aids "Tente Entender o que Tento Dizer".



O filme é imperdível para todas as pessoas que conhecem a obra do Leonilson, que por sua vez merece ser conhecido por todas as pessoas do mundo, e o filme é um fantástico ponto de partida. E pode ser assistido abaixo:




19 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page