top of page
Buscar
  • Lhivros e Arthivismo

Filme - INCONFISSOES - Ana Galizia




Foi, também, um tio que a diretora, Ana Galizia, não conheceu, pois ele faleceu por complicações advindas da aids em 1985, quando tinha 34 anos.


Este documentário procura um resgate do vivido, a partir do registro feito em fotografias e filmes super 8 pelo Luiz e encontrado por Ana 30 anos depois da sua morte. O curta tem 22 minutos, tendo sido lançado em 2018, e conta com imagens coloridas e também em branco e preto.


Era um homem gay estrangulado por uma família conservadora (que inclusive o mandou analisar psicologicamente quando tinha 16 anos), e por isso tinha características de insegurança, sentimento de inferioridade e problemas de afetividade.


E por toda a descrição, é aquele tipo de pessoa que eu adoraria ter tido como amigo.


A partir não só das imagens, mas de narrativas de pessoas que conviveram com Luiz, mostra-se que ele, assim como Caio Fernando Abreu, antes de se descobrir vivendo com hiv já temia o hiv. Aliás, uma das cartas lidas, de Peter, conta um período em que toda semana se perdia algum amigo por causa da aids, e ele mesmo já desenvolvia sintomas típicos de doenças oportunísticas.


O filme pode ser assistido, a um preço módico, no Cardume, portal de curtas autorais.


25 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page