top of page
Buscar
  • Lhivros e Arthivismo

Filme - MEU AMIGO CLAUDIA - Dacio Pinheiro

A multiartista Claudia Wonder, ícone da cultura LGBTQIA+ de São Paulo, faleceu vítima de uma infecção causada pelo fungo Cryptococcus neoformans, doença oportunística causada pela aids, em 2010, com 55 anos.



Cláudia Wonder ganhou fama na cena underground paulistana durante os anos 1980. Foi vocalista da banda Jardim das Delícias e Truque Sujo, além de realizar performances em clubes noturnos. Também foi escritora e atriz, participando de peças de teatro e filmes como "O marginal" (1974) e "A próxima vítima" (1983).


O diretor do filme lançado em 2013 "Meu Amigo Cláudia", Dácio Pinheiro, era amigo pessoal da homenageada. E ele a faz lindamente. Ela mesma narra sua própria história, desde quando nasceu e foi rejeitada pela própria mãe, foi criada por parentes, e seu tio avô, pai adotivo, mandou a polícia a prender por sua queerness.


Em virtude de sua identidade de gênero, por várias vezes foi detida, sexualmente molestada e enxotada de lugares. Segundo ela mesma revelou em entrevista, chegou a ser comparada aos mais perversos marginais “simplesmente por ser diferente das outras pessoas”. Isso lhe causou grande revolta e ela fez de sua revolta o motor para lutar contra o que considerava uma barbárie.


Um de seus feitos foi ter conseguido fazer shows e frequentar as páginas culturais de jornais e revistas mesmo em plena Ditadura Militar.


Ativista incansável das causas lgbtqia+, fazia parte de inúmeras frentes. Ela inclusive se definia com orgulho como travesti, considerando o mesmo como um terceiro sexo. Ela não tinha medo, não discriminava causas, lutando inclusive contra a supracitada Ditadura, assim como também atuou na causa hiv/aids.


O filme aborda também a chegada da aids e o impacto causado por ela na comunidade LGBTQIAP+. Ela fala sobre a dita "peste gay", seu impacto, mas as principais falas sobre o tema foram pronunciadas por outras pessoas, como Leão Lobo.


Ela usava recursos cênicos durante os shows, especialmente mergulhando em uma banheira com água tingida de vermelho, representando o sangue, e ainda jogava o líquido na plateia.


Assista ao filme a partir do link abaixo.



20 visualizações0 comentário

תגובות


bottom of page