top of page
Buscar
  • Lhivros e Arthivismo

Filme - UNDEFEATED - INVICTA - Tudor Payne

O filme "Undefeated" (Invicta, ou Não Vencida) foi lançado em 2012 e conta com a direção de Tudor Payne.



Trata-se de um curta, de 26 minutos, que conta a história de Blessing, uma jovem brilhante, popular e vivaz, cuja vida escolar é transformada quando uma das pessoas de quem ela é mais próxima descobre que a personagem supracitada vive com hiv.


Com uma velocidade terrível, a vibrante comunidade de Blessing se torna o lugar mais solitário para ela, caracterizada por fanatismo e intolerância. Este cativante e poderoso curta-metragem explora questões sociais em torno do hiv/aids e o estigma que continua a receber.


Desenvolvido com recursos da ONG inglesa Body & Soul, o cenário de uma cidade inglesa, mas que poderia ser qualquer centro urbano, o fato de que esses são tópicos vitais, que precisam ser compreendidos por todos e destaca o imenso perigo da ignorância em torno de tais questões.


‘Undefeated’ é baseado nas histórias da vida real de jovens vivendo com HIV. A cena se passa em uma escola do centro de Londres e explora a luta de uma garota quando a secretária da escola expõe o fato de quer a jovem vive com o vírus.


A campanha da Body & Soul 'Life in my Shoes' (Vida nos meus sapatos) permite que os jovens se coloquem no lugar de membros marginalizados e estigmatizados da sociedade. Atraiu o apoio de celebridades como Kate Moss e Tim Westwood.


O filme foi dirigido pelo Diretor Criativo da primeira campanha global sobre o hiv da MTV, Tudor Payne. Ao exibir o filme em escolas de todo o Reino Unido, assim como por todo o mundo, a Body & Soul espera que ele mostre como é a vida de alguém que vive com hiv, para aumentar a empatia e reduzir o preconceito.


A atriz principal do filme, Pearl Mahaga, selecionada por meio de uma pesquisa inglesa como parte da campanha 'Life in my Shoes', disse: “Sinto-me honrada por ser escolhida para representar as histórias de pessoas vivendo com hiv e espero as ter orgulhado.”


Um dos curadores da campanha, um homem de 24 anos, disse: “Lembro-me de quando fui diagnosticado aos 12 anos e contei quantos anos me restavam de vida… Ver nossas histórias retratadas em filme é empoderador. ”


O filme está disponível no YouTube, cujo link pode ser acessado abaixo.




0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page