top of page
Buscar
  • Lhivros e Arthivismo

Livro - DIARIO DE UNA PUTA HUMILDE - Eiric R D Stormcrow

Ainda sem tradução no Brasil, a segunda edição do livro escrito pelo autor que oficialmente mudou seu nome para Eïrïc Rïchter Durändal Stormcrow, "Diário de Una Puta Humilde", teve seu lançamento em fevereiro de 2021 e já deixa transparecer em seu prefácio a sua proposta:


"Este libro es una crónica de los virus en la piel y la sangre."


Ele deixa claro que por mais difícil de acreditar, esta não é uma obra de ficção. E já declara, no primeiro capítulo que vive com hiv, está em um relacionamento sorodiferente, e traía seu namorado sem o conhecimento dele.



Narra, pornográfica e organicamente seus contatos sexuais. Sua alma está mais despida que seu corpo:


"De repente, o gosto desaparece, esvanecido completamente perante a certeza de que o corpo não é algo além de uma coleção de líquidos pegajosos, membranas mucosas e coisas que geralmente fedem. Já não é um cara com uma rica bunda à espera de uma metida, mas um fantasma com cara de morto e fede a podre. E eu continuo na função de me misturar com a morte."


Também logo no início fala do estigma que acha que as pessoas que vivem com hiv, mesmo "as que tenham a variante mais estúpida do hiv, as indetectáveis e sem resistência a nenhum medicamento", são obrigadas a falar sobre sua sorologia positiva para o vírus.


"Não é justo para mim, nem que exijam isso de mim, como se eu fosse um monstro que deve ser evitado a todo custo, para que os demais possam praticar suas mais profundas sujidades sem necessidade de proteção, porque eu, o monstro, já fui rejeitado."


Há um capítulo sobre uma experiência em que passou com um homem que desejava se infectar com o hiv, o chamado bug chasing, narrado com requintes XXX.


O resto do livro é nesta mesma linha porno gay... Vale como curiosidade ou se esteja buscando algo do gênero, mas não espere alta literatura.


PS. A foto da capa do livro precisou ser editada para esta postagem. A versão original é uma foto, novamente explícita, das nádegas abertas do autor.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page