top of page
Buscar
  • Lhivros e Arthivismo

Livro - DOENCA COMO METAFORA - AIDS E SUAS METAFORAS - Susan Sontag

Terminei recentemente a leitura de "Doença como Metáfora/Aids e suas Metáforas" de Susan Sontag. Na obra, a ensaísta americana analisa os discursos que colocam nos pacientes a culpa por suas patologias.


O primeiro episódio de câncer de Sontag, anos antes, inspirou a produção do estudo, e a epidemia de Aids na década de 1980 ampliou a repercussão de seus argumentos, já que a estigmatização dos doentes homossexuais ganhou contornos inéditos.





A autora diz que toda época tem sua doença da moda, doença maldita, doença que mais estigmatiza quem dela padece. Primeiro foi a peste negra, então a sífilis, depois a tuberculose, aí o câncer, e desde o começo dos anos 80, a aids.


O livro explica como a sociedade enxerga, constrói narrativas, gera estigmas e reage às doenças da vez. Vale super a pena para entender todo o estigma que recai sobre nós, PVHIV.

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page