top of page
Buscar
  • Lhivros e Arthivismo

Livro - HISTORIAS DE UMA LUTA - Dr Ricardo Diaz

O Dr Ricardo Sobhie Diaz é simplesmente o médico infectologista, docente da UNIFESP que está à frente de uma das mais avançadas e promissoras pesquisas do mundo sobre a cura da infecção por hiv.


Sua metodologia é inovadora por usar terapia antirretroviral reforçada com outras substâncias, com a adição de um medicamento chamado nicotinamida, uma forma de vitamina B3. E que teria curado um paciente brasileiro (que infelizmente se reinfectou).



E sua experiência clínica na abordagem do tratamento do hiv é longa. Na verdade, em seu estágio, em 1982, precisou estudar o caso de um paciente que havia falecido dois anos antes, ou seja, antes mesmo da notícia do surgimento de uma estranha e até então desconhecida doença nos Estados Unidos, que teria falecido de aids.


O livro "Histórias de Uma Luta", lançado em 2019, é um reflexo da invencível esperança com que o autor aborda a vida com hiv. Ele, não só no texto mas em todas suas lives, participações em congressos e seus seminários, sempre fala que o hiv muitas vezes serve como mola propulsora das pessoas infectadas, pois elas:


"vivenciam a real oportunidade de crescimento humano... e têm a oportunidade de viver cada dia melhor e com mais intensidade."


E mais, que por elas se cuidarem mais, fazerem exames regulares e serem convidados a um estilo de vida mais saudável, têm tudo para viver mais, e com maior qualidade de vida, do que se não vivessem com o vírus.


No livro, ele faz uma descrição cheia de detalhes da história do hiv. Não só aquela já conhecida, mas explica, com termos bem populares e de fácil entendimento, como se deu o surgimento do vírus, quando isso teria ocorrido, e como o vírus "saltou" de macacos para os humanos (sim, o hiv surgiu como uma zoonose), e também toda a história de preconceito que o cerca até hoje.


Com detalhes, explica o funcionamento do vírus desde quando entra em contato com o corpo humano, porque indetectável é igual a Intransmissível, como funciona a infecção, a razão de se ter até 72 horas para uma pessoa que tenha tido uma exposição de risco procurar a PEP (profilaxia pré-exposição).


Fala ainda da importância do tratamento com antirretrovirais e como eles funcionam no organismo. Você sabia que uma pessoa com hiv que não esteja em tratamento, mesmo assintomática, produz e elimina dez bilhões de cópias virais por dia?


Expõe ainda a razão pela qual ainda pessoas morrem de aids no Brasil e no mundo, e como devemos agir para desmistificar o hiv/aids. Inclusive como a atuação humana na área de saúde é vital para isso.


"Histórias de Uma Luta" é muito importante para todos os que vivem e convivem com hiv, assim como médicos, enfermeiros, psicólogos etc, pois realmente o conhecimento liberta, e ao situar o hiv em sua real dimensão, ele perde muito de seu poder.

20 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page