top of page
Buscar
  • Lhivros e Arthivismo

Novela - TODAS AS FLORES - Joao Emanoel Carneiro

A novela "Todas as Flores" foi a primeira obra novelística da Rede Globo a quebrar várias barreiras. Primeiramente, foi lançada exclusivamente no Globoplay para os assinantes, e teve uma relativamente curta duração, com 85 capítulos.



E além disso, também foi a primeira obra televisiva da emissora a abordar o hiv de forma natural e contemporânea, sem resvalar no melodrama ou na estigmatização.


Joy (interpretada por Yara Charry), filha de Luis Felipe, o investigador policial e sócio da empresa Rhodes, é diretora comercial da mesma empresa e começa a novela namorando Olavo.


No capítulo 38, o namorado de Joy, Olavo, conta a que ela não consegue fazer sexo com ele por viver com hiv. Diz ainda que ela é indetectável e por isso não transmitiria o vírus.


A seguir, em conversa com sua mãe, ela fala que leva uma vida completamente normal, mas tem bloqueios psicológicos.


No capítulo 41, fala-se em I = I e até em PREP, e que não haveria empecilho para a Joy namorar. Ela também fala que o problema é o preconceito e não o vírus em si. Em resumo, eles transam.


E a questão do hiv é tão natural que, a partir de um determinado momento, ele deixa de ser importante para a narrativa da personagem, assim como na vida real.


Uma excelente novela, talvez uma das melhores dos últimos tempos, e que será disponibilizada na Globo a partir de setembro deste ano (2023).

44 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page