top of page
Buscar
  • Lhivros e Arthivismo

Teatro - A DAMA DA NOITE - Andre Grecco



Brilhante interpretação videoteatral do conto "A Dama da Noite" de Caio Fernando Abreu, publicado em 1984, pelo ator André Grecco. Caio demonstrava em suas obras e suas cartas aos amigos o medo do hiv/aids, como se demonstra neste conto, especialmente a partir dos 14:27.



"Você não viu nada, você nem viu o amor. Que idade você tem, vinte? Tem cara de doze. Já nasceu de camisinha em punho, morrendo de medo de pegar Aids. Vírus que mata. neguinho, vírus do amor. Deu a bundinha, comeu cuzinho. pronto: paranóia total. Semana seguinte, nasce uma espinha na cara e salve-se quem puder: baixou Emílio Ribas. Caganeira, tosse seca, gânglios generalizados. Õ boy, que grande merda fizeram com a tua cabecinha, hein? Você nem beija na boca sem morrer de cagaço. Transmite pela saliva, você leu em algum lugar. Você nem passa a mão em peito molhado sem ficar de cu na mão. Transmite pelo suor, você leu em algum lugar. Supondo que você lê, claro. Conta pra tia: você lê, meu bem? Nada, você não lê nada. Você vê pela tevê, eu sei. Mas na tevê também dá, o tempo todo: amor mata amor mata amor mata. Pega até de ficar do lado, beber do mesmo copo. Já pensou se eu tivesse? Eu, que já dei pra meia cidade e ainda por cima adoro veado."



15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page