top of page
Buscar
  • Lhivros e Arthivismo

Teatro - UMA FLOR DE DAMA - Silvero Pereira

Em novembro de 2019 tive a honra de assistir à peça "BR Trans", famoso monólogo de Silvero Pereira que promove uma reflexão urgente sobre a vivência das mulheres trans em nosso país.



Agora é a vez de tratar sobre a peça teatral "Uma Flor de Dama", uma espécie de adaptação do conto "Dama da Noite" de Caio Fernando Abreu, que aliás já foi abordado aqui no blog:



Neste caso, Silvero conta a história de uma travesti marginalizada, mostrando uma noite na vida da personagem que experimenta, com argúcia e ironia, o que é próprio da condição humana: amor, preconceito e morte.


A travesti, profissional do sexo, dialoga, sim, mesmo em um monólogo, ela dialoga como um exercício de alteridade entre público e personagem. Regado a cerveja e muito deboche, a travesti, conversa sobre as dores acumuladas desde o lar paterno e revoga seu direito de inclusão na “roda da vida”. Até mesmo seus silêncios gritam alto...


A personagem imprime/revela camadas de estigmas que estão ausentes no texto de C.F.Abreu. Ela, por assim dizer, reinventou a roda. Ela lutou muito mais para conquistar o controle de sua existência.


Os trechos que falam sobre o hiv, especialmente o medo de se infectar, são muito similares aos do conto original, mas o fato de a peça se passar em um tempo recente servem para reforçar como o estigma, em tempos de I = I, é ainda mais anacrônico.


Porém, ela aprofunda a questão, ao amalgamar o estigma que recai sobre quem vive com hiv e o estigma que recai sobre as travestis e mulheres trans. Ela "é a flor maldita que vai te arrastar para o fundo do seu jardim peçonhento".


E a descrição de como é fazer um exame sorológico para hiv... é de arrepiar, e muito próxima ao que quase todos nós já sentimos, ao menos uma vez na vida.


Silvero Pereira é um dos maiores artistas que o Brasil tem hoje, e esta peça merece, ou melhor, precisa ser vista por todas as pessoas. Espero, um dia, ter a oportunidade de assistir à peça "Uma Flor de Dama" presencialmente.


Assista ao espetáculo abaixo:



8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page